Resumo Histórico da Bíblia.

28/02/2011 18:08

A primeira tradução da Bíblia foi feita em grego e é dita LXX, ou Septuaginta, realizada por 70 anciãos de Jerusalém em Alexandria, no Egito. Trata-se, porém, de uma tradução somente do Antigo Testamento, pois foi feita ainda antes de Cristo: uma tradução do hebraico ao grego. De fato o Antigo Testamento foi escrito em hebraico.

        
Nós conhecemos a sua história graças sobretudo à conhecida Carta de Aristeia. Esse texto narra como Demétrio Falero, bibliotecário da famosa biblioteca de Alexandria, no Egito (fundada em 331 antes de Cristo por Alexandre Magno), pediu que fosse dada uma cópia da Lei dos judeus para a sua biblioteca, que era muito famosa e possuía 700.000 volumes. É importante sublinhar a influência que os judeus tinham em Alexandria, no terceiro século antes de Cristo, no tempo dos Ptolomeus. Dos 5 quarteirões da cidade, dois eram habitados por eles. E, do ponto de vista legal, os hebreus formavam uma entidade autônoma, governada por um etnarca, com o próprio tribunal.
        Não sabemos bem quando começou a tradução da Bíblia Hebraica. Alguns dizem que isso aconteceu quanto, em 275 antes de Cristo, Ptolomeu II Filadelfo decidiu reformular o sitema jurídico do estado, englobando nele as legislações das etnias menores. A verdade é que o rei acolheu o pedido do bibliotecário e fez o pedido ao Sumo Sacerdote de Jerusalém, que enviou 72 anciões, 6 de cada tribo, encarregados de fazer a tradução. Cada um dos tradutores começou o trabaho e, no final, produziram uma versão idêntica da Torá (o Pentateuco) em grego. Os outros livros foram traduzidos sucessivamente.

        Essa tradução é tão importante que muitas vezes se discute até mesmo sobre a sua inspiração, ou seja, alguns retém que o seu texto seja inspirado por Deus (Justino, Irineu, Clemente de Alexandria, Cirilo de Jerusalém e, recentemente, P. Benoit, P. Grelot). Os argumentos para tal tese são:
        1) A versão grega é uma direta e providencial preparação à composição do Novo Testamento em grego;
        2) Diversas passagens da LXX não são simplesmente uma tradução, mas representam um progresso e uma evolução do texto hebraico;
        3) Alguns textos do original hebraico se perderam e os conhecemos apenas na versão grega.

         
         A LXX, no tempo de Cristo, era uma das versões que existia à disposição. Havia também o texto hebraico e ainda o Targum (Targumim no plural), que é a tradução (texto também parafraseado) em aramaico da Bíblia hebraica, do Antigo Testamento.

        Uma tradução importante foi feita por Jerônimo, no século IV: a Vulgata. É a tradução de toda a Bíblia em latim, feita sob encomenda do Papa Damaso I para ser o texto oficial da Igreja. De fato, este texto se tornou, até o Concílio Vaticano II, o texto usado na liturgia da igreja católica. Esse texto suplantou outras versões latinas (Vetus latina) existentes então, que não tinham um caráter oficial.

wwwseropedica.blogspot.com

 

        Nesta época poucos tinham acesso as verdades contidas nas escrituras sagradas, nasceu aí o grande desejo no coração de homens inspirados por Deus de traduz a Bíblia em diversos idiomas.

       Em 1378 João Wycliff traduziu a Bíblia toda do latim para o inglês. Ele disse: “As sagradas escrituras são propriedade do povo e ninguém tem o direito de privá-lo da posse delas.” Foi castigado como herege. Quarenta anos depois, por um decreto do concilio de Constança, seus ossos foram desenterrados, queimados e jogados no Rio Swift.

        Guilherme Tyndale da Inglaterra foi para a Alemanha, onde traduziu a Bíblia do Grego para o Inglês. Foi preso, exilado e queimado vivo em uma fogueira.

        A Bíblia sagrada entrou na Inglaterra por todos os métodos secretos e já era lida e comentadas por todo o povo, enquanto Tyndale morria.

        Em 1495, A harmonia dos evangelhos, intitulada De Vita Christi é preparada pelo cronista Valentim Fernandes, por ordem de D. Leonor, esposa de D. João II.

        Em 1642 João Ferreira de Almeida fez sua profissão de fé na Igreja reformada, tendo se convertido em Batávia (atual Jacarta) na Ilha de Java, Indonésia.

        Em 1681, foi impresso o Novo testamento traduzido por João Ferreira de Almeida.

        Em 1691, Precisamente em 6 de agosto, faleceu João Ferreira de Almeida, ele traduziu  o antigo testamento até Ezequiel 41:21, o término dessa tradução foi realizada pelo Pastor Jacobus op den Akker, de Batávia.

        Em 1753, foi impressa a primeira Bíblia em Português, em dois volumes.

       

        Homens dedicaram suas vidas e morreram para que hoje a Bíblia seja conhecida por milhões de pessoas espalhadas na face da Terra, sendo assim o livro mais lido no mundo e neste dia 13 de dezembro comemoramos não apenas a dia da Bíblia, mas também a liberdade que todos temos para aprender e ensinar a palavra de Deus.

“A Bíblia pertence a todos.”

 

(Histórico resumido)

 

 

—————

Voltar



http://sitevideira.webnode.com.br/